quarta-feira, 27 de agosto de 2008

NUMEROLOGIA

NUMEROLOGIA


Foi do filósofo grego chamado pelos historiadores de pai da matemática, Pitágoras a afirmação que o universo era feito de números inteiros e que os números não mentem jamais. A partir da observação da Pirâmide Cósmica do Egito, ele concluiu que este monumento de pedra, trás inúmeras informações sobre a geometria, a matemática e a astronomia. Segundo ele os números de 1 a 9, estão inseridos na estrutura da Grande Pirâmide, e exemplifica:

O número 1 (hum) é a representação do eixo central imaginário da pirâmide, também conhecida como viga mestra, ou eixo de Deus.

O número 2 (dois) é a representação das duas retas diagonais que cruzam a base quadrada da pirâmide.

O número 3 (três) é a representação dos três ângulos de cada face da pirâmide.

O número 4 (quatro) é a representação das quatro retas que formam o quadrado da base da pirâmide.

O número 5 (cinco) é a representação dos quatro triângulos que formam as faces da pirâmide, mais o quadrado da base.

O número 6 (seis) é a representação dos 6 milhões de toneladas que é o peso aproximado do total de pedras usados para construção da Grande Pirâmide.

O número 7 (sete) é a representação do ponto geodésico do globo onde foi erguida a Grande Pirâmide, isto é, 30 graus latitude Norte, 31 graus longitude Oriental, dividindo o nosso planeta em porções iguais de terras a Leste e a Oeste desta pirâmide, (3 +0+3+1=7).

O número 8 (oito) é a representação das 4 linhas retas que formam as quatro faces da pirâmide, juntamente com as quatros linhas que formam o quadrado da base da pirâmide.

O número 9 (nove) é a representação da materialização de tudo o que existe no universo, ou seja, está simbolizada no eixo central da pirâmide, mais as quatro linhas da base, juntamente com as quatro linhas que formam as faces deste monumento de pedra.

E, assim iniciamos o estudo da numerologia no qual avançaremos dias após dias, fazendo considerações a respeito do valor individual de cada número e também do seu somarítimo, até chegarmos à análise das datas de nascimento e representação das letras dos nomes dos indivíduos estudados pela Cabala numerológica.

Nenhum comentário: