segunda-feira, 13 de outubro de 2008

MEU LIVRO NA WEB

cont. A GRANDE PIRÂMIDE


Descemos por uma escadaria muito inclinada, até atingirmos um corredor longo que nos levou a uma espécie de câmara sem qualquer tipo de conforto, mas suas paredes emitiam um brilho capaz de permitir encontrar uma agulha no chão.

Logo mais o guia avisava: – “chegamos, vocês estão dentro da Câmara Subterrânea também conhecida por Fosso, Câmara do Caos ou do Abismo da Grande Pirâmide, O nosso destino é a Câmara de Prata onde nenhum mortal, a não ser vocês jamais estiveram”.

Notei a presença de mais duas portas de pedras, fiz menção de perguntar, mas o nosso guia, como que adivinhando meus pensamentos, se antecipou dizendo: – “Boa pergunta Leon, vê-se logo que você é pupilo atento aos detalhes, por isso afirmo que, a porta em frente, tem um gigantesco bloco de granito que impede a passagem que conduz ao corredor ascendente e leva à saída da Grande Pirâmide. Assim, como ao estreito caminho que conduz a Gruta, a seguir, à Câmara da Rainha e também para a Grande Galeria que se comunica com a Câmara do Rei. Porém, o que nos importa, é aquela segunda porta que leva a um longo e frio corredor e termina em uma galeria em baixo do rio Nilo. Hoje, é para lá que vamos, estamos em busca de revelações extraordinárias sobre a Gênese da humanidade e a vocês caberá a importante missão de difundi-las pelo mundo.























As linhas que demarcam as fronteiras do Egito faz dele o único país do mundo a ter seus contornos semelhante ao da Grande Pirâmide. Tendo sua base voltada para o mar Vermelho e mar Mediterrâneo.

Nenhum comentário: