terça-feira, 13 de janeiro de 2009

VOZES DA ALMA - V.I ( P.11 )

REDIMINDO A ALMA

A chuva fina que cai nos campos,
Enfeita as colinas qual noiva deslumbrada.
Enquanto numa modesta casa de campo,
Eu voltava à Terra no início da alvorada.

Foi pleno o êxito da minha reencarnação,
Naquele pacato subúrbio de Madrí.
Amigos do astral festejavam junto berço,
O resultado do meu nascimento, pois nada sofri.

Ironicamente na parede sobre o meu berço,
Ao invés de um rosário com uma cruz.
Pendurada estava à capa de um toureiro,
Ao lado de uma bela espada que reluz.

Aqueles objetos estranhos para um bebê,
A mim pertenceram na existência passada.
Mas a foto sobre a mesa, era de um trovador,
Que colaborou para o meu retorno a esta pousada.

A meiga mamãe com alguns cabelos grisalhos,
Levava-me ao bosque para tomar sol.
Caminhando entre as flores do campo,
Embalava-me cantando um poema espanhol.

A nossa humilde choupana ao pé da serra,
Irradiava luz, alegria e muito amor.
Fui crescendo manipulando livros de Zoologia,
Deixado ali a muito, pelo aventureiro trovador.

Eu já era um rapazinho crescido,
Recebia em meus estudos inspirações do Astral.
Graças aos amigos do céu não me senti órfão,
Quando mamãe retornou a Pátria Sideral.

Em Madrí me tornei bastante conhecido,
Nunca me rendi ao peso vil do ouro.
Fiz milhares de campanha contra as touradas,
A dignidade e o caráter eram meu grande tesouro.


Poesia extraida do Livro Vozes da Alma.
Autoria: Leon Diniz.
Reg. de Direitos Autorais nº 322.435.
Livro 590.Folha: 95 .
Fundação Bibliotéca Nacional. Ano 2004.

NUMEROLOGIA

NÚMERO 7 ( SETE).

Quem tem a regência do número sete em sua vida, pode mesmo ser considerada uma criatura muito especial. O sete é um número Kabalistico muito forte, ele representa entre outras coisas as sete cores primitivas, as sete notas musicais, as sete cores do Arco Íris, as sete artes, e sete maravilhas da antiguidade, e agora as sete maravilhas do mundo pós moderno.
A pessoa que nasce sob a influência do sétimo signo do Zodíaco, geralmente são possuidora de um carisma irresistível, quando marcadas por uma boa formação familiar são pessoas elegantes, discretas, de movimentos leves e ritmados. Homem ou mulher não importa, parecem viverem numa eterna passarela da vida.
O gosto pela arte, a música, a dança, a pintura, a escultura, a interpretação, o esporte parece fazer parte continua da vida destes nativos protegidos pelo número sete.

MEU LIVRO NA WEB (Jesus O Mago da Dialética)

PROVAS DA REENCARNAÇÃO


Observava tudo com muita atenção, e se por ventura até aquele momento alguma dúvida sobre a teoria da reencarnação pairasse em minha mente, esta iria se dissipar, porque naquele momento, às palavras do instrutor tinha o poder de um farol que iluminava a minha mente.

Ele segue discorrendo sobre uma passagem Bíblica da maior relevância que era a história de João o Batista. – Ele foi o último profeta que veio preparar o caminho para a chegada do Messias. Primo carnal de Jesus, foi a primeira pessoa a reconhecer publicamente em Jesus, o Messias enviado por Deus. João guardava em sua forma de viver enorme semelhança com o profeta Elias que viveu as margens do rio Jordão 900 anos antes de Cristo, assim descrito no II Livro dos Reis cap. 1: vers. 8: “Era um homem vestido de pêlos de camelo com os lombos cingidos de um cinto de couro. Então disse ele é Elias o Tebista”.

- Em Mateus cap. 3: vers. 4: “E naqueles dias apareceu João Batista pregando no deserto da Judéia: - E dizendo arrependei-vos, porque é chegado o reino do Céu. Porque este é o anunciado pelo profeta Isaias, cap 1: vers: 19: que disse: - Voz que clama no deserto, preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas. Este João o Batista, tinha o seu vestido de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno do seu lombo; alimentava-se de gafanhotos e mel silvestres, batizava e profetizava anunciando nas margens do rio Jordão, a chegada do reino do Messias”.

- Elias voltou a Terra na figura de João o Batista, pregando no deserto, batizando no rio Jordão e sendo decapitado por ordem de Herodes Antipas, o que foi confirmado por Jesus.


Malaquias cap. 4: vers. 5: Eis que eu vos envio o profeta Elias, antes que venha o dia grande e terrível do Senhor.

- Mateus cap. 11: vers. 13: “Porque todos os profetas e a lei profetizaram até João. E se quereis dar crédito é este o Elias que haveria de vir. Quem tem ouvido para ouvir que ouça”. Mateus 17: 1: a 13: Marcos 9: 2 a 13: Lucas 9: 28: a 36: “Seis dias depois, Jesus levou Pedro e os irmãos e João e Tiago, somente estes, e foi com eles a um alto monte. Ali a sua aparência mudou diante deles: o seu rosto ficou brilhante como o sol, e as suas roupas ficaram brancas como a luz. Então os três discípulos viram Moises e Elias conversando com Jesus. E Pedro disse: Senhor como é bom estarmos aqui! Se o senhor quiser, eu armarei três barracas neste lugar: uma para o senhor, outra para Moisés e outra para Elias”.

- Enquanto Pedro estava falando, uma nuvem brilhante desceu sobre eles, e dela veio uma voz que disse: - Este é meu filho querido, que me dá muita alegria. Escutem o que ele diz! Quando os discípulos ouviram a voz,